Quarta, 03 Abril 2019 14:09

Prazo para ajustes no sistema Educacenso vai até 15 de abril Destaque

Escrito por MÁGIDA AZULAY KHATAB
Após o encerramento do prazo, não será possível fazer nenhuma alteração Após o encerramento do prazo, não será possível fazer nenhuma alteração SEED

Segue até o dia 15 de abril o prazo para as escolas acessarem o Sistema Educacenso e corrigirem possíveis inconsistências nas informações prestadas durante o módulo Situação-Aluno. Depois desse prazo, o sistema será fechado para consolidação dos dados e finalização do Censo.
Durante este período será possível acessar os relatórios com as informações prestadas pelas instituições de ensino em relação ao movimento e rendimento do aluno, ou seja, os dados sobre aprovação, reprovação, transferências, falecimentos e se o aluno deixou de frequentar a escola.
Este é o momento para as escolas que declararam dados incompletos ou que necessitarem realizar correções dos dados. É importante que os gestores escolares se atentem e não percam o prazo, pois depois, não será possível fazer nenhuma alteração.
“Os gestores escolares terão uma nova oportunidade para fazer retificação, inclusão ou correção de informações. É preciso acessar o sistema e inserir dos dados. Tudo é feito exclusivamente pela internet”, explicou Bibiane dos Santos Silva, que está respondendo pela Gerência de Avaliações e Informações Educacionais, da Seed.
O Censo é uma radiografia detalhada do sistema educacional brasileiro. A coleta de dados possibilita obter dados individualizados de cada estudante, professor, turma e escola do País de todas as redes, públicas e privadas. O Censo é realizado em todo o Brasil e é coordenado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).
Ferramenta essencial para a compreensão da situação educacional do País, pelo Censo Escolar é possível realizar o monitoramento e o desenvolvimento da educação, por meio de indicadores como o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), taxas de rendimento, distorção idade-série, entre outros.
Além disso, os dados coletados também servem de base para estabelecer as políticas públicas na área da educação e também para o repasse de recursos oriundos do Governo Federal para o fomento das ações na área de educação.
RORAIMA - Em 2018, foram registradas em Roraima 383 escolas e 72.471 alunos matriculados na rede estadual de ensino. No Interior (área urbana e rural) são 64 escolas e 17.443 estudantes e na Área Indígena, são 260 escolas e 16.076 alunos matriculados.