GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA

Postado em: Saúde - 20/04/2017 às 17:15
  • DIAGNÓSTICO POR IMAGEM
    Repórter: | Edição: Secom-RR | Foto: Ascom/Sesau



     

     

     

     

     

     

     

     

    O CCDI (Centro de Cardiologia e Diagnóstico por Imagem) conta agora com mais um aparelho de hemodinâmica, o que totaliza dois equipamentos para atender os 26 pacientes no quarto mutirão de cateterismo de 2017. Os trabalhos iniciarão nesta sexta-feira, 21, e serão concluídos no domingo (23).

     

    Antes, o Estado tinha apenas um equipamento para atender à demanda de todos os municípios e até de países vizinhos, mas esta realidade mudou. Nesta semana foi concluído a instalação do aparelho de hemodinâmica, adquirido em 2007 e que, desde então estava encaixotado, sem nunca ter sido usado, devido a problemas técnicos e a dificuldade para encontrar as peças de reposição nos mercados local e nacional.

     

    “Isso vai diminuir o tempo de espera dos pacientes internos, que farão o exame logo que tiverem o quadro clínico estabilizado. Antes o paciente tinha que esperar o mutirão o que demorava até 20 dias”, relatou a diretora.

     

    PROCEDIMENTOS – O equipamento de hemodinâmica possibilita realizar outros procedimentos como eletrofisiologia e a angioplastia. “Antigamente realizávamos o procedimento de angioplastia apenas em casos de extrema urgência. Agora com mais um aparelho poderemos ampliar o número de atendimentos”, explicou a diretora do CCDI, Fátima de Jesus.


    MUTIRÃO - Dos 26 pré-selecionados para serem atendidos no mutirão, dois não puderam ser atendidos, pois o resultado da função renal mostrou que não estavam aptos no primeiro momento a realizar o exame. Eles foram substituídos pelos pacientes que estavam na fila de espera. Os que não estiveram aptos foram reagendados para o próximo mutirão que ocorre nos dias 26, 27, 28 e 29 de maio.

    Somente neste ano, 72 pessoas já realizaram o exame; outros quase 200 foram atendidos no ano passado.