Sexta, 14 Janeiro 2022 15:29

COMBATE À COVID-19 | Roraima recebe 4,8 mil doses para imunizar o público de 5 a 11 anos Destaque

Escrito por Ayan Ariel
Avalie este item
(0 votos)
COMBATE À COVID-19 | Roraima recebe 4,8 mil doses para imunizar o público de 5 a 11 anos Fernando Oliveira

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) recebeu as primeiras 4,8 mil doses pediátricas da vacina contra o covid-19 para crianças de 5 a 11 anos de idade. O carregamento chegou por volta de meio-dia desta sexta-feira, 14, em um vôo da companhia aérea Latam.

Com a autorização para uso por parte do INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde), órgão ligado ao Ministério da Saúde e responsável pela aprovação, agora as doses poderão ser repassadas aos municípios de Roraima para aplicação.

“É uma alegria muito grande receber as vacinas para as crianças do nosso Estado. Estamos comprometidos em conseguir o maior número de doses possíveis para imunizar a população de Roraima em todas as faixas etárias possíveis, porque vacinas salvam vidas”, disse o governador Antonio Denarium.

De acordo com a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, durante a tarde desta sexta-feira, haverá uma reunião com todos os secretários e equipes dos municípios para discutir a distribuição.

“Ela vai ser feita conforme o público alvo de cada município, então nós temos as estimativas da população de cada município. A prioridade vai ser crianças e adolescentes com comorbidades. Então conforme a população estimada de cada município, vai ser feita a distribuição”, explicou Valdirene.

Superintendente Estadual do Ministério da Saúde, Juliano Bacarim ressaltou a importância desse momento emblemático, em que o Estado e os municípios poderão avançar no trabalho de imunização contra o covid-19.

“Todos terão o seu momento de ser vacinado. 11 anos, 10 anos, nove, oito, sete, seis, até cinco anos de idade. Vai ter doses suficientes para vacinar todas as crianças de Roraima. Então nós estamos repassando para o Estado, que vai repassar para os municípios, para começar a aplicação das doses. É esse o trabalho do Ministério e o trabalho da superintendência, do Estado e dos municípios: salvar vidas”, complementou.

Ler 838 vezes Última modificação em Sexta, 14 Janeiro 2022 15:40